Sabes escolher uma verdadeira Kombucha?

  • Depósito – se não tiver depósito significa que  possivelmente não foi bem fermentada, ou foi muito filtrada. Esta Kombucha é menos rica a nível nutricional e probiótico
  • Sabor que deverá ser agridoce.
    • se é muito doce, geralmente caracteriza as kombuchas mais comerciais, significa que foi pouco fermentada. Na primeira fermentação (F1) o açúcar adicionado é transformado em ácidos orgânicos.  Nestes casos  este processo foi interrompido demasiado cedo, daí continuar muito doce. Ou então foi adicionado açúcar na fase final com o objetivo de adoçar a bebida. O sabor muito doce é assim um indicador de menor qualidade da bebida ou mesmo de deturpação da mesma.  Kombucha não é um refrigerante!
    • se é muito avinagrada indica um processo de fermentação de Kombucha pouco controlado e a Kombucha pode ter sobrefermentado.
  • Pasteurização– Tal como a pasteurização em outros alimentos, também com a Kombucha é eliminado a sua natureza viva e probiótica.
  • Refrigeração – A Kombucha é uma bebida milenar anterior a qualquer processo  de refrigeração. O consumo de fermentados na história da humanidade começou porque não haviam frigoríficos.
  • Prazo de validade, tal como na categoria dos vinhos é também um indicador de qualidade, se não se tratar de kombucha pasteurizada.
  • Embalagem –  O vidro ajuda a preservar e ao desenvolvimento da continuação da fermentação na garrafa. Já viste algum bom vinho em garrafa de plástico?
  • gaseificação natural: a kombucha produz gás naturalmente, portanto como bebida viva não é necessário adicionar dióxido de carbono (fica atento aos rotulos).

e cor, gostamos de Kombucha com identidade

Options

O site e painéis usam cookies. Ao continuar, está a concordar com a sua utilização. Saiba mais