Levedura Fermentis Safcider TF-6 (5gr)

3,49

Esta levedura permite uma muito alta intensidade aromática e complexidade para notas frutadas frescas (maçã, banana-pêra, frutas vermelhas, cítricas e exóticas) combinadas com interessantes notas de frutas elaboradas .

Boca doce e redonda, fortalecendo a sensação de doce.

Estas  observações são baseadas em testes de receitas de kombucha com base de chá verde e jasmin.

OFERTA DE PORTES

Terças e Quintas – Outro horário sujeito a confirmação

Clinica Emoções 5 D- R. Ginestal Machado 14, 1600-160 Lisboa

Todos os dias da Semana (16:00 às 18:00) – Outro horário sujeito a confirmação

Rua C Pavilhão nº62, Núcleo Empresarial-Norte, 2665-593 Venda do Pinheiro

PORTUGAL CONTINENTAL – compras acima de 65€

Descrição

Ingredientes:

Levedura (Saccharomyces cerevisiae*), emulsionante: monoestearato de sorbitano (E491)

 

Recomendações de utilização:
Destina-se a fabricação de todos os tipos de cidras e de hard Kombucha, mesmo em condições difíceis de fermentação.

Caraterísticas técnicas:

  • Excelente força de sedimentação.
  • Temperatura de fermentação entre 15-25°C (59-77°F)
  • Requer poucos nutrientes, fermentando bem em pH baixo: até 3.3.
  • Baixo requisito de nitrogênio: 150ppm de fermento disponível de nitrogênio.
  • Ótima assimilação de frutose.
  • Produção de açúcar/álcool: 16.3 g/L para 1% alc.vol.
  • Nível máximo de SO2 : 70mg/L.
  • Nível de turbidez: Mínimo de 50 NTU.

Características Metabólicas:

  • Não produz compostos de enxofre.
  • Baixa produção de álcoois superiores.

Características Organolépticas:

  • Intensifica aromas frutados, especialmente característicos da maçã verde e frutas cítricas (limão).
  • Contribui para a concessão de frescor e cidra complexidade aromática.

Procedimento de Reidratação:

  • O tempo de reidratação não deve exceder 45 minutos.
  • Prepare 10 vezes o peso de fermento a ser reidratado com água entre 35°C a 38°C, deixando repousar durante 15 minutos. Agitando quando necessário para não formar grumos.
  • Pouco a pouco – fazendo de duas a três adições de mosto, deve se aclimatar a temperatura do fermento hidratado em relação a temperatura do mosto, de modo que na inoculação não haja mais que 10ºC de diferença de temperatura entre ambos.
  • Após cada adição de mosto, agitar suavemente e deixar em repouso entre 8 a 10 minutos.
  • Após atingir a temperatura do creme próxima a do mosto, pode-se então inocular a levedura ao mosto.

Análises:

  • Levedura viável > 1,0 *1010 cfu/g
  • Pureza: > 99,9%
  • Bactérias do ácido láctico: < 1 cfu /107 célula de levedura
  • Bactérias de ácido acético: < 1 cfu /107 célula de levedura
  • Pediococcus: < 1 ufc/107 células de levedura
  • Bactérias totais: < 5 ufc/107 células de levedura Levedura “selvagem”*: < 1 cfu /107 célula de levedura Microrganismos patogênicos: de acordo com o regulamento *EBC Analytica 4.2.6 – ASBC Controle Microbiológico-5D

Armazenagem:
Manter refrigerado abaixo de 10°C.

Validade
3 anos da primeira data de produção

CUIDADO para não gerar fermentações cruzadas indesejadas desta levedura com outra produção no seu ambiente.

FABRICADA NA  BÉLGICA POR FERMENTIS

Mais Vendidos - TOP 10

Seleccione um ponto de entrega

Abrir Mensagens
1
Olá, Precisas de ajuda?
Scan the code
Olá, em que podemos ajudar?
%d bloggers like this: